domingo, 23 de fevereiro de 2014

O valor e o preço

Louis Vuitton, Ferrari, Chanel, Apple, Google, Coca-Cola. Não são simples marcas, são sinônimos de sucesso. São identidades que carregam produtos nas costas. Levam ao mercado algo mais do que a qualidade intrínseca a cada produto, leva um simbolismo, um status diferencial que envolve o consumidor, propõem um estilo de vida.
As marcas têm seu valor individual e estigma de dominação das mentes dos consumidores, no entanto, existem valores com diferentes predicados, que se encaixam à realidade de uns mas não de outros, seja pelo simbolismo, seja pela precificação de seus produtos.
É mais importante notar que produtos comuns têm preços; produtos diferenciais, sustentados por suas respectivas marcas, têm valor. É isso que faz com que um comprador gaste milhares de dólares em uma Ferrari para ouvir o ronco único de seu motor – e toda a mística que está por trás da singela marca do cavalinho. É o mesmo faz um executivo ao optar por uma Mercedes, símbolo de qualidade e status social.
Como bem se pode observar em qualquer propaganda, ninguém vende essencialmente a qualidade do produto ou como ele é produzido sobre as mais rígidas leis de operação industrial, afinal, o que menos importa ao consumidor é saber como é feito aquilo que nasceu para lhe dar prazer. As propagandas vendem isso: o desejo inconsciente atendido através de um produto que está ali ao seu alcance. A mensagem é clara: compre e seu desejo vai se realizar!
Despertar atenção, conquistar a mente e o coração é o tripé da comunicação para o sucesso de uma marca. Por isso, mais do que conhecer os meandros da fabricação e da qualidade desejada ao produto, é preciso conhecer detalhadamente o consumidor, seus desejos mais íntimos, suas expectativas, seus limites e aquilo que supera tudo isso. São esses ingredientes que servem para formular as estratégias de comunicação e seduzir o cliente de maneira delicada e única.
Todas as vezes que fizer um produto lembre-se de que ele está predestinado a viver com o estigma do preço ou ser um instrumento de realização de expectativas e sonhos, algo que realmente tenha valor.   


Por que devemos melhorar o marketing de serviços?

Todos nascem com algum tipo de habilidade que nos faz diferentes uns dos outros. Mesmo quando parecemos todos iguais, ainda assim somos d...